#memededez – Como presentear uma criança


É fim de ano, vocês acharam mesmo que eu ia deixá-los livres da Simone?

Olá crianças! Ou não tão crianças assim…

Eu não tenho filhos ainda. Mas tenho primos, muitos primos, e primos com filhos, e tios com filhos… Criança é algo que aparece com certa periodicidade na família mineira (entendam: pro mineiro, até primo de terceiro grau é família – e da parte próxima da mesma). Ou seja, já tive que presentear algumas crianças sendo pouco mais velha que elas – coisa de 10 anos de diferença, no mínimo.

Eu gosto muito de dar instrumentos. Não necessariamente de brinquedo. Vejam só:

Olha, eu não sou brinquedo

Escaleta: Parece de brinquedo, mas não é. Eu mesma achava que era, e o Pato-fu usou durante as gravações do cd “Música de brinquedo”. Na verdade é um instrumento como qualquer outro. A diferença é que ele é muito usado para introdução musical porque é meio que um ornitorrinco musical: é um instrumento de tecla e de sopro ao mesmo tempo. Se você aprende escaleta, tem altas chances de tocar gaita ou teclado, por exemplo. E não tem um custo tão alto quanto pode parecer (em média, uma razoável custa 80 reais – mais que uma gaita, menos que um teclado)

“Love, love me do…”

Gaita:  Com “fintche reais” (aka R$20,00) você consegue comprar uma gaita diatônica. Não que seja boa. Uma gaita bacana sai por 50 dilmas. Mas a de 20 reais da pra aprender sem se culpar se a criança largar o instrumento dois dias depois de atormentas os pais com o instrumento agudo. É um bom presente porque auxilia na inicialização musical e na respiração da criança! Isso porque a gaita é tocada com sopros e aspirações.

Mas ok, vocês não gostam do barulho que é causado pelos instrumentos na fase de aprendizagem? SEUS PROBLEMAS… Diminuiram. Na verdade as próximas sugestões são duas paixões minhas. Uma de quando eu era criança, outra bem recente.

A primeira é o cd “Casa de Brinquedo“. Na verdade trata-se de obra feita pelo Toquinho e lançada como especial pela Globo na década de 80. Eu não era nascida, mas meus irmãos eram e meus pais tinham uma loja de discos. Dessa época sobrou o vinil dessa obra sensacional. E eu ouço ele até hoje, porque é muito inspirador pra mim. E acho bacana pra caramba pra dar de presente pra meninada e tal, principalmente os mais novinhos.

A segunda é o cd que falei antes, do Pato-fu. O “Música de Brinquedo” surgiu para eles diante de tantos cacarrecos de o john Ulhoa tinha, bem como os brinquedos da filha do John com a Fernanda Takai. São versões de músicas conhecidas tocadas ou com instrumentos de brinquedo ou com brinquedos mesmo. Tem um trecho do dvd que eles usam um pogobol pra tirar som. Vocês já pensaram nisso? E o horizonte que isso abre na nossa cabeça?

Enfim, ficam ai minhas sugestões consumistas xD.

“Este post faz parte do Meme de Dezembro, uma iniciativa das interneteiras do LuluzinhaCamp, que tem como única intenção, a diversão. Porque somos blogueiras e adoramos blogar, simples assim. Se você tem blog, corre para participar, clique aqui e saiba mais.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s